Home Notícias As plantas transgênicas são todas iguais?
Notícias

As plantas transgênicas são todas iguais?

Você já parou para pensar quão diversas podem ser as plantas transgênicas?

Nos últimos 25 anos, a biotecnologia entregou uma grande diversidade de tecnologias. São produtos utilizados no campo, na indústria de alimentos, na produção de combustíveis, nas farmácias, hospitais e outras áreas.

As plantas transgênicas são um tipo de tecnologia desenvolvida por meio da biotecnologia e que é utilizada, principalmente, no campo. As primeiras plantas transgênicas foram desenvolvidas na década de 1980, o cultivo comercial foi iniciado no ano de 1996 quando EUA, China, Argentina, Canadá, Austrália e México plantaram sementes transgênicas em um total de 1,7 milhão de hectares. Atualmente cerca de 72 países possuem aprovações para cultivo e/ou consumo de plantas transgênicas e esse tipo de tecnologia já ocupa uma área de pelo menos 190 milhões de hectares.

Planta transgênica não é uma coisa só

Pode parecer que quando falamos em planta transgênica estamos falando de uma coisa só – não é bem assim. Existem diferentes culturas como soja, milho, beterraba, arroz, feijão, mamão e muitas outras plantas com “tecnologia transgênica” – chamamos de tecnologia transgênica uma nova característica introduzida por ferramenta biotecnológica.

A tecnologia transgênica pode ser uma característica de tolerância a herbicidas, tolerância à seca, resistência a insetos, resistência a vírus, aumento da produção de licopeno, qualidade do óleo melhorada, redução na produção de acrilamida, redução na produção de lignina entre outras.

Por exemplo, quando se fala em “planta transgênica de soja” não fica claro se é uma soja tolerante a herbicida, com qualidade de óleo melhorada, tolerante à seca, resistente a inseto ou alguma outra tecnologia que foi adicionada a semente de soja.

Além disso, não existe apenas um tipo de herbicida, uma espécie de inseto ou tipo de óleo, esses são termos abrangentes que agrupam um tipo de característica. Uma planta tolerante a herbicida é tolerante a um ou mais grupos químicos específicos de herbicidas, a resistência a insetos pode ser a uma ou mais espécies de insetos.

Sem dúvidas o principal benefício da tecnologia transgênica é a melhoria da produtividade – mais alimento sendo produzido com menos recurso ambiental e financeiro, uma equação perfeita para sustentabilidade.

Toda planta transgênica é segura

As plantas transgênicas, independente da tecnologia introduzida, passam por um processo de avaliação altamente rigoroso – baseado em evidências científicas – que garante a segurança desses produtos.

É preciso garantir a chamada equivalência substancial entre a planta transgênica e sua versão não transgênica. Isso significa que ambas as plantas são idênticas com exceção da tecnologia introduzida.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) todos os alimentos transgênicos disponíveis no mercado são seguros e não devem apresentar riscos para a saúde humana.

Quer saber mais sobre as diferentes tecnologias transgênicas? Acesse outros conteúdos da CropLife Brasil:

Descubra quais são as plantas transgênicas aprovadas no Brasil

LEIA MAIS

Mamão transgênico: tecnologia salvou agricultores do Hawaii

LEIA MAIS

Canola transgênica: opção de óleo saudável para o consumo

LEIA MAIS

Arroz dourado passa a ser cultivado nas Filipinas

LEIA MAIS

Plantas transgênicas: conheça os genes de tolerância a herbicidas

LEIA MAIS

Principais fontes:

ISAAA. GM approval database. Disponível em: https://www.isaaa.org/gmapprovaldatabase/default.asp. Acesso em: 20/11/2022.

ISAAA. Global status of commercialized biotech/GM crops in 2019: Biotech crops drive socio-economic development and sustainable environment in the new frontier. ISAAA Brief No.55. ISAAA: Ithaca NY, 2020.

Organização Mundial da Saúde. Food, genetically modified. Disponível em: https://www.who.int/news-room/questions-and-answers/item/food-genetically-modified. Acesso em 20/11/2022.

Aviso de cookies
Usamos cookies para melhorar a experiência de nossos usuários em nosso site. Ao acessar nosso conteúdo, você aceita o uso de cookies como prevê nossa política de cookies.
Saiba Mais