Home Publicações Produtos agrícolas geneticamente editados – sistema CRISPR

Publicações

Produtos agrícolas geneticamente editados – sistema CRISPR

Técnicas para editar e modificar o DNA são utilizadas desde a década de 1980, ou seja, a edição genética não é algo novo. No entanto, o sistema CRISPR pode ser considerado revolucionário por permitir a manipulação de genes com maior precisão, rapidez e menor custo.

Essa praticidade promoveu o rápido avanço da tecnologia, que teve seu primeiro produto agrícola analisado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em 2016. Um cogumelo que não escurece foi desenvolvido pela técnica de CRISPR. Desde então, muitos produtos agrícolas geneticamente editados têm sido analisados pelo USDA.

Em 2018, o Brasil teve o seu primeiro produto agrícola resultado da tecnologia CRISPR, avaliado pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). Trata-se do milho editado geneticamente com maior concentração de amilopectina.

Download PDF