Home Notícias Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável

Notícias

Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável

A criação de centros de pesquisa para o desenvolvimento da agropecuária, como Embrapa, Instituto Agronômico e Universidades representa um marco muito expressivo no protagonismo brasileiro quanto à produção e exportação de alimentos, fibras e energia.

Como consequência, os pesquisadores passaram a estudar as particularidades de cada cultura e aprimoraram as ferramentas aplicadas ao melhoramento genético e à biotecnologia. Desta forma, os agricultores passaram a utilizar plantas mais bem adaptadas às diferentes regiões do Brasil.

Além disso, a ciência também tem possibilitado o aprimoramento da defesa vegetal contra pragas e doenças, recomendando práticas e tecnologias cada vez mais inovadoras para um manejo mais eficiente e racional em uma agricultura tropical.

No pacote tecnológico da agricultura, os defensivos químicos têm um papel crucial. Seu uso está diretamente associado aos ganhos de produtividade e redução de desperdícios no campo. O avanço nos estudos e pesquisas de moléculas cada vez mais direcionadas aos alvos tem diminuído as doses aplicadas nas lavouras, reduzido os impactos desses produtos na saúde humana, animal e no meio ambiente.

Em paralelo, o desenvolvimento da química verde e a crescente adoção dos produtos biológicos de controle juntamente com sistemas conservacionistas de produção como: o plantio direto, manejo integrado de pragas e integração lavoura pecuária, refletem a difusão e as mudanças na maneira como a agricultura brasileira vem se estruturando.

Modos de produção com diversidade: o Brasil tem espaço para todos

 

Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável

Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável

Traçar e contextualizar a história da agropecuária brasileira com enfoque na sustentabilidade é o que o Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável faz em mais de 150 páginas de textos ilustrados com imagens e infográficos.

Citação do Christian Lohbauer

Faça download do atlas aqui

A base da agricultura brasileira é a ciência

Você sabia que a primeira escola de agronomia iniciou suas atividades em 1877 em São Bento das Lajes, Bahia? E que a primeira instituição de pesquisa, destinada exclusivamente à pesquisa agropecuária, o Instituto Agronômico de Campinas, foi criado em 1887 e até hoje tem entregado grandes inovações destinadas aos produtores brasileiros? Conheça o Instituto Agronômico (IAC), de Campinas

Foi a pesquisa nacional que levou o Brasil a desenvolver uma tecnologia própria e posicionou o país como referência em agropecuária tropical.

Mapa das principais instituições públicas de pesquisa agropecuária - atlas do agronegocio brasileiro

Em resumo, a mensagem explícita que a publicação traz é a de que o crescimento do agronegócio brasileiro não foi, não é e não será antagônico à sustentabilidade e à proteção do meio ambiente. O incentivo ao desenvolvimento do setor é evidenciado nas políticas públicas, leis de proteção ambiental, crédito rural, regulamentação e na estruturação de centros de pesquisa.

Agricultura moderna: conheça as tecnologias que fazem parte do campo

Todos os resultados são apresentados no Atlas em forma de materiais gráficos que facilitam a compreensão, deixando evidente como o estímulo à adoção de tecnologias inovadoras são essenciais para o aumento da produtividade e sustentabilidade.

Gráfico da evolução da produção de grãos e área de plantio - atlas do agronegocio brasileiro

Impactos da adoção de transgênicos no Brasil acumulados em 20 anos

Dividido em quatro capítulos, o Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável é um documento essencial para se entender esse setor do país. Conheça os capítulos:

  1. “Brasil: Números, História e Instituições”;
  2. “Produção Agrícola Sustentável”;
  3. “Produção Agrícola e Impactos Socioambientais”;
  4. “Segurança Alimentar Mundial”.

O Atlas do Agronegócio Brasileiro: Uma Jornada Sustentável não pretende esgotar o debate sobre a agropecuária e o meio ambiente do Brasil. Sua ambição é apresentar dados e fatos, destacando como a inovação e uma abordagem integrada no campo vem contribuindo para a sustentabilidade.

O Atlas tem o propósito de ser fonte de pesquisa e difusão do setor, trazendo dados de fontes confiáveis.

Conheça também o projeto: Comida boa: do campo à mesa

Com o pioneirismo e inovação em tecnologias tropicais, não faltarão oportunidades para um Brasil cada vez mais empreendedor, com capacidade crítica e tecnológica, se posicionar como a maior potência de produção agrícola sustentável do mundo.

Aviso de cookies
Usamos cookies para melhorar a experiência de nossos usuários em nosso site. Ao acessar nosso conteúdo, você aceita o uso de cookies como prevê nossa política de cookies.
Saiba Mais